Na primeira semana de governo, o Presidente Jair Bolsonaro confirmou o aumento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). O objetivo é compensar benefícios concedidos à Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e à Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam). Apesar de ser um aumento fracionário, o orçamento federal será impactado em aproximadamente R$ 3 bilhões.