No dia 13 de julho, os advogados Raphael Zaroni, sócio-fundador, e Lila Machado, associada, do Zaroni Advogados participaram do evento promovido pela Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro sobre Qualidade de vida e Oportunidade de Investimento na região metropolitana do Porto. Os advogados apresentaram as vantagens de investir em Portugal e os benefícios fiscais para empresas e empreendedores que pretendem fazer negócios no país. Além do Zaroni Advogados, participaram do evento o presidente da Câmara Portuguesa, Manuel Domingues e Pinho, que abriu o evento, o presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Emídio Souza, que apresentou informações sobre a vida em Portugal, e empresários dos dois países.

Portugal é uma excelente opção para visitar, morar e investir. Um recente  levantamento do Global Peace Index mostra que o país é considerado o terceiro mais pacífico do mundo. O custo de vida é um dos mais baixos da Europa e a área de saúde é respeitada pela excelência, com ótimo atendimento e equipamentos de ponta”, destaca Raphael Zaroni.

O sócio do Zaroni Advogados ressaltou a importância da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, liderados por Portugal, e o potencial de consumo desses países localizados na África e Ásia. Além disso, o especialista chamou a atenção para a recuperação econômica registrada nos últimos anos, com destaque para as exportações que, em 2018, devem crescer 7,2%, 4,8% em 2019 e 4,2% em 2020. O país exporta, principalmente para outras nações que integram a Comunidade Econômica Europeia, como Espanha, França, Alemanha e Reino Unido, peças de automóveis, calçados e papel.

O Banco de Portugal – equivalente ao Banco Central no Brasil – projeta para o país relevante crescimento do Produto Interno Bruto em 2018 (6,5%), 2019 (5,6%) e em 2020 (5,4%). O forte, e contínuo, crescimento se deve, segundo os especialistas ao desempenho das exportações de bens e serviços, ao dinamismo do investimento e ao crescimento do consumo.

Os bons resultados podem ser constatados em todas as áreas como, por exemplo, na educação. No PISA, exame internacional que avalia estudantes de 170 países, Portugal está entre os países que mais melhoraram o desempenho. Entre 2000 e 2012, o crescimento foi de 2,5 pontos ao ano. Na área de infraestrutura não é diferente e Portugal está investindo em uma malha integrada por estradas inteligentes visando mais eficiência, redução dos acidentes e diminuição na emissão de poluentes. E, pelo segundo ano consecutivo, Portugal foi escolhido o melhor destino da Europa e recebeu o World Travel Awards, considerado o “Oscar” do turismo”, destaca Zaroni.

Os advogados falaram também sobre alguns incentivos fiscais oferecidos pelo governo português para empresas e empreendedores que pretendem investir ou manter negócios no país, bem como as recentes políticas implementadas pelo governo para facilitar a entrada e a permanência de cidadãos no território.

É importante que as empresas e empresários se cerquem de bons profissionais, principalmente advogados e contadores, na hora de investir em outro país, para evitar eventuais custos, encargos fiscais e burocracias desnecessários. A Câmara tem feito muito bem este papel, colocando prestadores de serviço de excelência à disposição daqueles que possuem interesse em ampliar seu mercado consumidor ou empreender no país”, afirma Zaroni.